O ano de 2020 do varejo

Não podemos negar que o ano passado foi atípico para o mundo todo. Apesar da realidade pandêmica e o isolamento social, o mercado de varejo em 2020 se destacou no Brasil, mesmo em meio à crise econômica global. Acompanhe este artigo e entenda essa trajetória.

 

Como o varejo performou durante 2020?

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2020, as vendas do comércio varejista fecharam com um crescimento de 1,2%, comparado com o ano anterior (2019). É um número que confirma o crescimento anual contínuo do setor.

Esse resultado positivo apresentou um caminho de queda no primeiro semestre (-3,2%), porém, um segundo semestre de alta (5,1%). O comércio estava supermovimentado nos primeiros meses, com crescimento de mais de 16%, em relação ao mesmo período de 2019, mas em março, com a pandemia, o cenário mudou.

Em abril, tivemos uma queda expressiva, em decorrência do isolamento social e do medo presente na população, mas o mercado voltou a se recuperar a partir de maio.

De acordo com Cristiano Santos, gerente da pesquisa do IBGE, em 2020, o auxílio emergencial teve influência no consumo das famílias, o que também contribuiu para que o varejo tivesse um bom desempenho.

Além disso, mesmo com os impactos da pandemia, a economia se mostrou resiliente e, para 2021, as expectativas são positivas.

 

Quais foram os segmentos de crescimento no varejo?

Confira abaixo as atividades com crescimento em 2020:

  • Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (13,8%)
  • Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (3,5%)
  • Móveis e eletrodomésticos (2,9%)
  • Outros artigos de uso pessoal e doméstico (1,6%).

 

Perspectivas para 2021

De acordo com Mário Mesquita, economista-chefe do Itaú Unibanco, a economia tem uma perspectiva de retomada para 2021. Em uma visão macro, a expectativa é que o PIB aumente 4% este ano. A informação foi comentada em um evento online sobre o 1º relatório de análise de comportamento de consumo, que o banco faz trimestralmente. 

Além disso, de acordo com dados mais recentes divulgados pelo IBGE, o desemprego, apesar de ainda atingir muitas pessoas, apresentou queda nos últimos meses.

Esses dois fatores, alinhados à vacinação contra a Covid-19 e a conscientização das pessoas em seguir protocolos e o controle da pandemia expressam um cenário mais positivo para este ano.

Em contrapartida, considerando o cenário atual com a adoção de medidas comerciais mais restritivas em vários estados brasileiros, ainda nos deparamos com uma perspectiva incerta.

 

Um bom planejamento é essencial neste momento

Diante de toda essa análise, é evidente que um bom planejamento de estratégias é essencial, visando buscar melhorias e flexibilidade na experiência de compra dos shoppers.

A Soul Trade Marketing realiza suas ações com foco no que é realmente necessário: dados, treinamento de pessoas, tendências de mercado e desenvolvimento de soluções com foco nos resultados.

Entre em contato conosco e garanta a melhor performance em seu ponto de venda.