Image Alt

BLOG

Black Friday e as estratégias de preços nos pontos de vendas

De acordo com as tendências para Black Friday apresentadas pelo Google, o preço continua sendo o ponto mais importante para o consumidor, na hora de comprar um produto. 

O famoso buscador aponta em pesquisa que, embora o preço ainda seja o principal critério para os brasileiros no momento de decisão de uma compra, essa promoção precisa englobar valor. E as pessoas estão propensas a investir na data. As buscas relacionadas ao tema cresceram 38% entre abril e julho de 2020, em comparação ao mesmo período de 2019. Entre janeiro e março, as buscas por promoções estavam 28% menores que no primeiro trimestre do ano passado.

Porém, foi observada nos últimos anos a chegada de novos players e categorias, o que tornou mais competitiva e complexa a tarefa de se diferenciar na Black Friday. 

Oferecer bons descontos já não basta, o que reafirma a máxima de que conquistar shoppers no momento da venda é desafiador. Mas qual a melhor estratégia para que, nesse momento, sua marca seja a escolhida para fazer parte dos itens do carrinho de compras do cliente?

Neste artigo, com base no know-how que a Soul Trade Marketing tem no assunto, vamos responder questões que envolvem a hora de precificar um produto, fazer a gestão desses preços, ter uma estratégia de preço com referencial na concorrência e ainda explicar como a tecnologia pode agir a seu favor nessa tarefa. 

 

Principais pontos para definição de preços na Black Friday

Mesmo considerando que a agência colete dados e faça recomendações, a definição de preços é de responsabilidade do comercial de uma empresa, que decide com base nas recomendações, mas também por  critérios específicos da corporação.

Portanto, é preciso seguir uma estratégia, alinhada com o comportamento do público, para entender a percepção de valor dele e adequar as informações. 

Para chegar nesse lugar, aplicar a análise de intenção de compras é uma boa alternativa. Por meio dela é que se mede a intenção de compra. Shoppers têm uma racionalização na hora de analisar o preço de um produto, geralmente pelas perspectivas de valor monetário e de qualidade. Se estiverem equilibradas, ambas as chances de compra são grandes.

Além disso, shoppers levam em conta a perspectiva de branding, onde a marca pode influenciar em sua decisão diretamente, quando projetam o que aquela experiência representa a sua identidade.

Ao traçar seu caminho estratégico, considerar o porquê a grama do vizinho está mais atrativa também é relevante, no que diz respeito a sua própria gestão de preços. Nesse sentido, a estratégia de preço index é uma das abordagens mais indicadas para monitoramento. 

Nela, se compara seu preço e o do concorrente, definindo entre vocês uma determinada faixa de porcentagens. Com esse formato, é possível monitorar movimentações de concorrentes em relação a ações promocionais e variações.

Assim, mesmo com a precificação sendo dinâmica na Black Friday, com uma estratégia de adequação de preços alinhada com a concorrência e entendimento do comportamento do cliente, sua empresa terá mais previsibilidade e inteligência no PDV, mesmo com o imediatismo desta ação.

 

O papel da inteligência de dados na sua campanha 

É fácil compreender o papel dos dados na estratégia de preços em campanhas dinâmicas como a Black Friday, quando se percebe como o mundo está mais conectado do que nunca. 

Seu cliente tem o poder nas mãos – literalmente – de comparar preços em tempo real. Logo, a relevância do monitoramento dos preços no ponto de venda é essencial para qualquer estratégia do gênero dar certo. 

A Soul Trade Marketing atua na cobertura real time das ações de seus clientes em todo o território brasileiro, compreendendo assim como o produto se comporta frente aos concorrentes, na hora que ela está acontecendo, para não correr o risco de perder vendas.

Assim, fica claro como a precificação, orientada ao produto, vai além de um cálculo matemático, englobando o fator humano/comportamento do cliente.  E é aí que a tecnologia entra como protagonista, já que, com recursos de Inteligência Artificial, como Machine Learnig e BI, é possível comparar e acompanhar as mudanças comportamentais em padrões de consumo específicos e regionais.  

 

Conquistando espaço no mercado – estratégia e parcerias sólidas

No pack de recursos tecnológicos e estratégicos de uma Black Friday, é necessário incluir a confiança entre varejista e agência para chegar às condições ideais/ especiais que a marca precisa e, consequentemente, aos consumidores dela.

 

Uma boa relação traz vantagens à marca, como:

  • Uma boa negociação de hot points no PDV.
  • Coleta de informações mais confiáveis, com base em dados justificáveis e monitorados constantemente.
  • Implementação de POP (Procedimento Operacional) com excelência no treinamento. 

De relações sólidas e de sucesso, a Soul Trade Marketing entende bem. Desenvolvemos, e nos envolvemos, nas ações de nossos clientes do princípio ao fim, todas baseadas em inteligência de dados, estudo de concorrência, experiência de mercado, atendimento próximo e foco no sell out.

Saiba mais sobre nossa atuação e como podemos atuar ativamente no êxito das suas campanhas.

POSTE UM COMENTÁRIO

d
Sed ut perspiclatis unde olnis iste errorbe ccusantium lorem ipsum dolor